Suscetibilidade induzida a escorregamentos, via aplicação do método AHP

  • Carlos de Oliveira Bispo Universidade Federal de Pernambuco
  • Fabrizio de Luiz Rosito Listo
  • Danielle Gomes da Silva Listo
  • Nivaneide Alves de Melo Falcão

Resumo

RESUMO: Os escorregamentos são processos da dinâmica natural da terra, amplificados diante da ocupação inadequada de áreas suscetíveis a movimentos de massa, podendo acarretar em desastres com prejuízos materiais e humanos. Em consonância com esta realidade o presente artigo tem como objetivo, avaliar a suscetibilidade induzida a escorregamentos no litoral norte de Maceió – AL, por meio da aplicação do método Analytic Hierarchy Process – AHP, em ambiente SIG. Foram utilizados fatores relativos à geologia, geomorfologia, solos, declividade e forma do terreno e uso da terra. A análise espacial foi realizada por meio de métodos multicritérios e álgebra de mapas com a ponderação das variáveis via AHP. Para validar os resultados, utilizou-se um mapa inventário contendo 29 cicatrizes de escorregamentos, identificadas em 2017. Os resultados apontam que a área estudada possui médio potencial para ocorrência de processos de escorregamentos, em que as classes de suscetibilidade baixa, média, alta, apresentaram respectivamente uma frequência de 10%, 75% e 15%. Na validação nota-se que 74% dos escorregamentos estão concentrados na classe de suscetibilidade alta, 25% na classe de suscetibilidade média e apenas 1% na classe de suscetibilidade baixa. Destarte, o mapa obtido pode ser considerado útil para monitorar as áreas suscetíveis a escorregamentos.

PALAVRAS-CHAVE: Geomorfologia. Escorregamentos. Geoprocessamento.

Publicado
2020-01-13
Como Citar
Bispo, C. de O., Listo, F. de L. R., Listo, D. G. da S., & Falcão, N. A. de M. (2020). Suscetibilidade induzida a escorregamentos, via aplicação do método AHP. Diversitas Journal, 5(1), 298-314. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i1-967
Seção
Ciências Humanas e Sociais Aplicadas