Frequência do consumo de carne suína no município de Palmeira dos Índios/AL, Brasil

  • Joseane Júlia Teixeira UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS
  • Thiago Soares de Oliveira
  • Caio Henrique de Oliveira Lamenha Biserra
  • José Jardel Leite da Silva
  • José Crisólogo de Sales Silva

Resumo

A carne suína é bem presente na mesa dos brasileiros, porém a falta de um estudo detalhado do perfil socioeconômico dos consumidores da cidade de Palmeira dos índios, Alagoas, Brasil e da frequência desse consumo atualizado é necessário. Neste trabalho objetivou-se quantificar a frequência do consumo e identificar os cortes cárneos suínos de acordo com sexo, renda, idade e escolaridade dos consumidores no município de Palmeira dos índios. Foram aplicados 100 questionários com 13 perguntas estruturadas de múltiplas escolhas, onde 50 questionários foram aplicados na zona urbana e outros 50 na zona rural, aplicados em feiras livres, residências e estabelecimentos comerciais. Os entrevistados foram aleatoriamente escolhidos, visando ter uma amostragem ampla. Dentre os 100 entrevistados 53% eram mulheres e 47% eram homens, onde a maioria, 25%, tinha mais de 50 anos. O maior consumo diário segundo a pesquisa foi a carne de frango, a suína foi a terceira mais consumida com 8% da preferência. Conclui se assim que a carne suína é consumida por todas as classes sociais do município de Palmeira dos Índios, sendo a terceira em consumo e o corte mais apreciado da mesma é a bisteca.

Publicado
2020-07-05
Como Citar
Teixeira, J. J., Oliveira, T. S. de, Biserra, C. H. de O. L., Silva, J. J. L. da, & Silva, J. C. de S. (2020). Frequência do consumo de carne suína no município de Palmeira dos Índios/AL, Brasil. Diversitas Journal, 5(3), 1451-1460. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i3-962