Percepção populacional dos determinantes ambientais em câncer no município de Maceió/AL

  • Maria Edislândia Nunes da Silva Universidade Estadual de Alagoas
  • Claudimary Bispo dos Santos

Resumo

RESUMO: Uma das medidas para evitar o aumento do número de cânceres são as ações educativas envolvendo a identificação dos fatores de risco, entretanto, é pertinente conhecer quais os saberes que a população tem sobre o assunto. Nessa perspectiva, esse estudo objetivou identificar o conhecimento populacional acerca dos determinantes ambientais preveníveis entre os cânceres mais incidentes no município de Maceió. Trata-se de um estudo descritivo qualiquantitativo, realizado no período de julho de 2018 a agosto de 2019, com a participação de 68 voluntários residentes em área urbana do município de Maceió, de ambos os sexos, entre 18 e 65 anos de idade. Utilizou-se instrumento contendo os dados sociodemográficos, hábitos de vida e questões de conhecimento sobre os fatores de risco evitáveis para os cânceres de: colo do útero, pulmão, intestino e estômago. A análise dos dados do presente estudo consiste na identificação e exploração das variáveis eleitas e critérios descritos de inclusão e exclusão, buscando as possíveis associações entre as variáveis por meio da distribuição percentual obtida em cada resposta, descartando as questões não respondidas, utilizando-se o programa Microsoft Office Excel e análise das falas. Dentre os resultados, afirmaram saber como se prevenir dos diferentes tipos de câncer: 50% câncer de colo de útero; 80% câncer do pulmão; câncer de intestino (cólon e reto) e estômago, 25% e 32% respectivamente. Os resultados diferem entre si, explicitando a importância que cada um deles vem recebendo no quesito prevenção. Concluindo que é notável a deficiência do conhecimento populacional acerca dos determinantes ambientais preveníveis entre os cânceres mais incidentes no município de Maceió, e que a melhora de ações voltadas para a educação em saúde é necessária, com um olhar informativo, a fim de construir o entendimento pessoal sobre os fatores de risco.

PALAVRAS-CHAVE: saúde coletiva, promoção da saúde, fatores de risco.

Publicado
2020-10-27
Como Citar
Silva, M. E. N. da, & Santos, C. B. dos. (2020). Percepção populacional dos determinantes ambientais em câncer no município de Maceió/AL. Diversitas Journal, 5(4), 2930-2941. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i4-945