Estágio supervisionado em Geografia: reflexões a formação docente

  • Quitéria da Silva de Sá UFAL
  • Ricardo Santos de Almeida Universidade Federal de Alagoas, Universidade Aberta do Brasil

Resumo

Buscamos com este relato de experiência problematizarmos as experiências didático-pedagógicas desenvolvidas não longo do estágio supervisionado em duas escolas públicas (uma municipal e uma estadual) no município Pariconha/AL entre os anos de 2018 a 2019. Para tal, debruçamo-nos pela compreensão da importância do planejamento didático-pedagógico estabelecendo-se nele a valorização pela aprendizagem que viabilizarão na relação ensino-aprendizagem a socialização de conhecimentos didático-geográfico consubstanciados nos documentos normativos da educação brasileira como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, e também a partir das discussões de Freire (1996), Kaercher (2002), Lima e Pimenta (2005/2006), Callai (2011), Oliveira (2015), Rodrigues (2015) refletiremos a relação de construção e reafirmação da identidade docente tendo por base estratégias operacionais para além do conhecimento do espaço escolar e da sala de aula, mas também de socializar alguns conteúdos, conceitos e temas reafirmando a importância da educação geográfica.

 

Palavras chaves: Estagio Supervisionado, Ensino aprendizagem, Formação Docente.

Biografia do Autor

Quitéria da Silva de Sá, UFAL

Pesquisadora-discente da Universidade Federal de Alagoas Campus Delmiro Gouveia do curso Geografia Licenciatura.

Publicado
2019-10-02
Como Citar
Sá, Q. da S. de, & Almeida, R. S. de. (2019). Estágio supervisionado em Geografia: reflexões a formação docente. Diversitas Journal, 4(3), 941-963. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v4i3.910

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##