Concepções sobre a temática indígena de discentes do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Sergipe (UFS)

  • Maristela Felix dos Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Paulo Heimar Souto Universidade Federal de Sergipe

Resumo

RESUMO: O objetivo deste artigo é discutir resultados de uma pesquisa sobre as concepções acerca da temática indígena de discentes do curso de Pedagogia da UFS, antes e após cursarem a disciplina “Ensino de História nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental”. Essas discussões podem contribuir para que os futuros docentes desenvolvam competências técnicas e pedagógicas em suas práticas docentes, que possibilitem uma abordagem crítica e reflexiva da diversidade sociocultural do país e da contribuição dos povos indígenas para a construção da identidade brasileira. O artigo está embasado em concepções teóricas de Borges (2007), Dantas (1991) e Freire (1987). Resultados da pesquisa demonstram uma negligência no tratamento da temática indígena na educação básica e ratificam a importância da postura crítica do professor diante das narrativas históricas sobre identidade, modo de vida e processo de aculturação dos povos indígenas.

 PALAVRAS-CHAVE: ensino, História, povos indígenas.

Biografia do Autor

Paulo Heimar Souto, Universidade Federal de Sergipe

Doutor e Pós Doutor em Educação. Mestre em Geografia e licenciado em História

Publicado
2020-07-06
Como Citar
Santos, M. F. dos, & Souto, P. H. (2020). Concepções sobre a temática indígena de discentes do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Diversitas Journal, 5(3), 2070-2085. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i3-862