Atividade respiratória como teste de vigor em sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.)

  • Caroline Marques Rodrigues
  • Edilma Pereira Gonçalves SANTO ANTONIO
  • Júlio César de Almeida Silva
  • Jeandson Silva Viana
  • Leandro Dias de Lima
  • Débora Teresa da Rocha Gomes Ferreira de Almeida

Resumo

Os testes rápidos de vigor são utilizados atualmente pelas empresas produtoras de sementes para avaliar a qualidade dos lotes. A indústria sementeira com a evolução tecnológica, exige cada vez mais rapidez na separação de lotes de alto vigor. Dessa forma, o trabalho objetivou verificar a eficiência e rapidez da atividade respiratória das sementes para diferenciar o vigor de lotes de sementes de feijão. O trabalho foi realizado na Universidade Rural de Pernambuco, conduzido no Laboratório de Análise de Sementes com três lotes de feijão adquiridos em municípios do estado de Pernambuco. Foram realizados alguns testes e determinações: teor de umidade, peso de mil sementes, germinação, primeira contagem da germinação, comprimentos e massa seca da parte aérea e raiz, condutividade elétrica, emergência de plântulas, comprimentos de parte aérea, raiz e massa seca da parte aérea. O índice de velocidade de emergência indicou o lote 3 e 1 como sendo os de maiores potencias fisiológicos e o lote 2 como o de menor. As sementes de feijão do lote 2, nos testes de germinação, índice de velocidade de germinação, índice de velocidade de emergência, massa seca de parte aérea e raiz como sendo o lote de menor vigor, e o que teve a menor liberação de CO2 no teste de atividade respiratória. O teste de atividade respiratória pode ser utilizado para determinar o vigor de sementes de feijão a partir de 12 horas de embebição.

Publicado
2019-10-03
Como Citar
Marques Rodrigues, C., Gonçalves, E. P., Silva, J. C. de A., Viana, J. S., Lima, L. D. de, & Almeida, D. T. da R. G. F. de. (2019). Atividade respiratória como teste de vigor em sementes de feijão (Phaseolus vulgaris L.). Diversitas Journal, 4(3), 1070-1081. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v4i3.853
Seção
Dossiê Temático - Produção agrícola nos trópicos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##