Biochar e esterco bovino aumentam a eficiência no uso de água da alface

  • Crislany Canuto UAG-UFRPE
  • Daniela da Silva Andrade UAG-UFRPE
  • Elisiane Martins de Lima UAG-UFRPE
  • Maria da Conceição Cavalcanti de Goes UAG-UFRPE
  • Michelle Maylla Viana de Almeida UAG-UFRPE
  • José Romualdo de Sousa Lima UAG/UFRPE

Resumo

O biochar vem sendo recomendado para melhorar propriedades físicas, químicas e biológicas do solo e a produtividade das culturas. Assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos da aplicação de biochar e esterco bovino na produtividade, evapotranspiração (ET) e eficiência no uso de água (EUA) da alface. Um experimento em casa de vegetação foi realizado utilizando-se dois tipos de biochar e esterco bovino, no delineamento experimental inteiramente casualizado, com três repetições. Os tratamentos foram quatro tipos de adubação: esterco+biochar de borra de café (E+BBC); esterco+biochar de casca de café (E+BCC); biochar de borra de café (BBC) e biochar de casca de café (BCC). Foram avaliadas a biomassa fresca (BF), o número de folhas (NF), a ET e a EUA da alface. Verificou-se que o tratamento E+BBC proporcionou maior BF. Não se verificou efeito dos tratamentos no NF da alface. Maiores perdas de água (ET) foram observadas nos tratamentos que tinham biochar de borra de café (BBC e E+BBC). Os tratamentos com esterco, independentemente do tipo de biochar, foram os que apresentaram as maiores EUA. Recomenda-se o uso de biochar mais esterco bovino para reduzir a ET e aumentar a produtividade e EUA da alface.

Publicado
2019-10-03
Como Citar
Canuto, C., Andrade, D. da S., Lima, E. M. de, Goes, M. da C. C. de, Almeida, M. M. V. de, & Lima, J. R. de S. (2019). Biochar e esterco bovino aumentam a eficiência no uso de água da alface. Diversitas Journal, 4(3), 1082-1091. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v4i3.822
Seção
Dossiê Temático - Produção agrícola nos trópicos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##