A incidência da tuberculose no município de Santana do Ipanema no decorrer do ano de 2016 e 2017

  • Janilo Italo Melo Dantas Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Itamara Thuane Conceição Costa

Resumo

RESUMO: A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pela Mycobacterium tuberculosis, apresentando uma transmissão direta. A mesma concentra-se como uma das principais doenças que tem afetado a saúde dos indivíduos mundialmente, desde tempos antigos até os atuais. Perante a sua disseminação, muitas tem sido as ações governamentais coletivas com a finalidade de combater a incidência da mesma em diferentes populações, no entanto, apesar de muitas ações preventivas a mesma ainda torna-se como um dos principais agravos que precisa ser controlado em várias regiões do país, devido a existência de mortalidade e morbidade que a mesma tem ocasionado. Frente a isto, este estudo teve como objetivo de identificar a incidência da tuberculose no município de Santana do Ipanema, no decorrer dos anos de 2016 e 2017. Para a obtenção de dados, foram realizadas consultas em plataformas da secretaria municipal de saúde de saúde do município de Santana do Ipanema, e no site DATASUS, discutindo os números de casos com a equipe multiprofissional de saúde. Foram identificados um total de 28 novos casos de tuberculose no município entre os anos de 2016 á 2017, número considerado baixo quando comparado a demais regiões do estado, entretanto, o número de abandono ao tratamento da doença foi equivalente a 60%, tornando necessário  a realização de sensibilizações perante ao tratamento e prevenção da mesma, uma vez que o seu tratamento exige uma continuidade extensa para que possa ser  realizado com eficácia.

PALAVRAS-CHAVE:  Saúde Pública, Doença, Rede municipal.  

Referências

BARROSO, W.J. Biossegurança em tuberculose na unidade de saúde no laboratório. Bol. Pneumol. Sanit. v.9 n.2 Rio de Janeiro dez. 2001.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. População estimada, 2017. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/al/santana-do-Ipanema/panorama Acesso em: 04, Abril. 2018.

NETTO, A.R. Tuberculose: a calamidade negligenciada. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 35(1): 51-58, jan-fev, 2002.

NOGUEIRA, A.F.; FACCHINETTI, V.; SOUZA, M.V.N.;VASCONCELOS, T.R.A. Tuberculose: uma abordagem geral dos principais aspectos. Rev. Bras. Farm. 93(1): 3-9, 2012.

SÁ, Lenilde Duarte de; SOUZA, Káren Mendes Jorge de; NUNES, Maria das Graças; PALHA, Pedro Fredemir; NOGUEIRA, Jordana de Almeida; VILLA, Tereza Cristina Scatena. Tratamento da tuberculose em unidades de saúde da família: histórias de abandono. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2007 Out-Dez; 16(4): 712-8.

SCATENA,L.M.; VILLA, SCATENA, T.C.; NETTO,A.R.; KRITSKI,A.L.; FIGUEIREDO,T.M.R.M.; VENDRAMIN, S.H.F.; ASSIS,M.M.A.; MOTTA,M.C.S. Dificuldades de acesso a serviços de saúde para diagnóstico de tuberculose em municípios do Brasil. Rev Saúde Pública, 2009, vol.43, n.3, pp.389-397.

SOUZA, M.V.N.; VASCONCELOS, T.R.A. Fármacos no combate à tuberculose: passado, presente e futuro. Quim. Nova, Vol. 28, No. 4, 678-682, 2005.

SMITH, D. V.; SHARMA, V.; SACCHETTINI, J. C.; Tuberculosis, Revista Unicamp, 84, 45, 2004.

World Health Organization – Global Tuberculosis Control – 2011.

Publicado
2020-04-07
Como Citar
Dantas, J. I. M., & Costa, I. T. C. (2020). A incidência da tuberculose no município de Santana do Ipanema no decorrer do ano de 2016 e 2017. Diversitas Journal, 5(2), 833-839. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i2-738