Perfil metabólico de ovinos alimentados com silagem de subproduto de maracujá

Resumo

RESUMO: O trabalho teve como objetivo avaliar o perfil metabólico em ovinos sem padrão de raça definido, consumindo dietas compostas de silagem de subprodutos de maracujá em substituição ao feno de Tífton. O trabalho foi realizado no Campus de Engenharias e Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, utilizando-se 28 ovinos, com peso corporal médio de 25 kg. Com período experimental de 60 dias sendo 15 para adaptação do ambiente e manejo, e 45 dias para coleta de dados. A dieta tinha como volumoso feno de Tífton (Cynodon ssp.) e silagem de subproduto (cascas) de maracujá (Passiflora edulins), e como concentrado, farelo de soja (Glycine max), farelo de milho (Zea mays) e sal mineral, fornecidos ad libitum. Os tratamentos foram constituídos de níveis de resíduo de maracujá em substituição ao feno de Tífton (0, 20, 40 e 60%) em dietas cuja proporção foi 60% de volumoso e 40% de concentrado. Os animais foram alojados em baias individuais, identificadas, providas de comedouro e bebedouro. Foram pesados no início e fim do período experimental. A coleta de urina spot, bem como o sangue, foi efetuada quatro horas após o fornecimento da alimentação. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, os dados foram interpretados por meio de análise de variância e regressão por meio do programa estatístico SAS (2001). Para o consumo de matéria seca e os pesos corporais foram observados comportamento linear crescente. O volume urinário também apresentou o mesmo comportamento. O perfil metabólico dos ovinos apresentou um comportamento linear crescente, bem como a síntese de proteína microbiana para os níveis de substituição. A substituição do feno de Tífton pela silagem do resíduo de maracujá apresenta melhores perfis metabólicos e proteína microbiana em ovinos confinados.

PALAVRAS-CHAVE: Cordeiros, Ruminantes, Metabolismo.

Biografia do Autor

Claudino da Silva Amaral, Prefeitura Municipal de Santana do Ipanema - Alagoas; Universidade Estadual de Alagoas

Zootecnista da Prefeitura Municipal de Santana do Ipanema - Alagoas; Especialista em Produção Animal e Desenvolvimento Rural pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL).

Jucelane Salvino de Lima, Universidade Federal de Alagoas; Universidade Federal Rural de Pernambuco

Membro do Grupo de Pesquisa da Universidade Federal de Alagoas (UFAL); Doutora em Zootecnia pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Kedes Paulo Pereira, Universidade Federal de Alagoas

Professor, Doutor, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Centro de Ciências Agrárias (CECA); Rio Largo-AL; Brasil.

José Teodorico de Araújo Filho, Universidade Federal de Alagoas

Professor, Doutor, Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Centro de Ciências Agrárias (CECA); Rio Largo-AL; Brasil.

Izabelle Crystine Almeida Costa, Universidade Federal de Sergipe

Zootecnista, Mestranda em Zootecnia, Universidade Federal de Sergipe (UFS); São Cristóvão-SE; Brasil.

Manoel Gustavo Paranhos da Silva, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul

Zootecnista, Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEZ), Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS); Campo Grande-MS, Brasil.

Publicado
2021-02-02
Como Citar
Amaral, C. da S., Lima, J. S. de, Pereira, K. P., Araújo Filho, J. T. de, Costa, I. C. A., & Silva, M. G. P. da. (2021). Perfil metabólico de ovinos alimentados com silagem de subproduto de maracujá. Diversitas Journal, 6(1), 1711-1720. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1696
Seção
Dossiê Temático - Produção Animal e Desenvolvimento Rural: diversas abordagens