Análise da atividade antioxidante e perfil fitoquímico da folha, caule e inflorescência de Senna splendida

Resumo

RESUMO: O objetivo da presente pesquisa foi avaliar o perfil fitoquímico e o potencial antioxidante das folhas, flores e caule da espécie Senna splendida. Para tanto foi feito o preparo dos extratos metanólicos e, por conseguinte realizou-se as análises de atividade antioxidante, pelo método DPPH, e estudo do perfil fitoquímico por meio da triagem fitoquímica e quantificação do teor de fenóis e flavonoides totais. Mediante a isto, foi possível verificar que o extrato da flor apresentou uma maior classe de metabólitos secundários. Por meio do teste de captura do radical DPPH foi observado que a flor também apresentou melhor capacidade de redução do DPPH com percentual médio de 70,48±0,92%. Entretanto, para os testes de quantificação de teor de fenóis totais e flavonoides o extrato das folhas apresentou melhores resultados, com 1036,13±131,4mgEAG/g de extrato e 96,25±1,87mgEQ/g de extrato. Portanto, é notável que o estudo sobre as propriedades medicinais para as diferentes partições de S. splendida é de grande relevância e destacando a capacidade dos diferentes extratos analisados em atuarem como inibidores de espécies radicalares e consequentemente serem utilizadas no tratamento ou combate a patologias.

PALAVRAS-CHAVE: Amemdoim bravo, Metabólitos secundário, Radicais livre.

Publicado
2021-01-29
Como Citar
Santos, C. A., Cunha, A. L., Costa, M. L. A. da, Almeida, A. S. de, Pavão, J. M. da S. J., & Santos, A. F. dos. (2021). Análise da atividade antioxidante e perfil fitoquímico da folha, caule e inflorescência de Senna splendida. Diversitas Journal, 6(1), 769-782. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1688