Aplicação da fermentação mista na produção de cervejas artesanais

Resumo

RESUMO: A cerveja artesanal é um produto cultural, sendo descoberto pelos povos mais antigos que transformaram sua preparação em algo tradicional. Em âmbito nacional e internacional, tem se tornado uma mercadoria de grande interesse comercial devido a sua diversidade de sabor e aparência. Atualmente, as cervejas artesanais também são produzidas em culturas mistas, fazendo uso de leveduras e bactérias. Nesse sentido, o referente trabalho tem como objetivo realizar uma revisão bibliográfica, expor e discutir as etapas de produção da cerveja artesanal de fermentação mista, bem como indicar as análises de controle de qualidade empregadas após sua produção. Assim, por meio de referenciais teóricos e pesquisas realizadas anteriormente, detalhou-se paralelamente o processo de produção das cervejas artesanais em culturas mistas e não mistas. Por sua vez, observou-se que as cervejas artesanais mistas apresentam características únicas, bom potencial de produção e comercialização em detrimento das cervejas artesanais tradicionais, apesar de necessitarem de maiores cuidados.

PALAVRAS-CHAVE: Bioproduto, Microrganismos, Controle de qualidade.

Biografia do Autor

Amanda da Silva Santos, Universidade Federal de Alagoas

Estudante; Universidade Federal de Alagoas - UFAL; Maceió, Alagoas; Brasil.

Amanda Cavalcante de Jesus, Universidade Federal de Alagoas

Estudante; Universidade Federal de Alagoas - UFAL; Maceió, Alagoas; Brasil. 

Álvaro Pessoa Quintiliano Silva, Universidade Federal de Alagoas

Estudante; Universidade Federal de Alagoas - UFAL; Maceió, Alagoas; Brasil.

Dayana de Gusmão Coelho, Universidade Federal de Alagoas

Professora; Universidade Federal de Alagoas - UFAL; Maceió, Alagoas; Brasil. 

Publicado
2021-01-29
Como Citar
Santos, A. da S., Jesus, A. C. de, Silva, Álvaro P. Q., & Coelho, D. de G. (2021). Aplicação da fermentação mista na produção de cervejas artesanais. Diversitas Journal, 6(1), 783-800. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1585