Elementos associados à proficiência em Matemática: um estudo aplicado as escolas públicas em Alagoas

Resumo

RESUMO: Este artigo tem como objetivo analisar os fatores associados ao desempenho educacional de estudantes das escolas públicas de Alagoas. Considera-se como variável dependente as notas obtidas pelos alunos da 4ª série/5ºano do ensino fundamental nos testes de Matemática e como fatores explicativos do desempenho estudantil as características do ambiente escolar, características da família e fatores individuais dos estudantes. A metodologia empregada tem como base um modelo hierárquico, recomendado para lidar com a natureza hierarquizada de dados educacionais. Em linhas gerais, os resultados indicam que a proficiência é fortemente influenciada pelas características pessoais e familiares do aluno, tais como: gênero, cor, escolaridade da mãe, condição em relação ao trabalho, cumprimento do dever, etc. Entre as variáveis escolares destaca-se a infraestrutura física ofertada pelas escolas e a presença de professores com ensino superior. Deste modo, conclui-se que a nota em matemática na série analisada é altamente influenciada por atributos do aluno, mas as escolas também agregam valor ao desempenho dos estudantes. O modelo demonstra que a condição de trabalho do estudante se comporta diferentemente entre as escolas. No mais, constatou-se que o efeito do envolvimento da família afeta menos o desempenho quando a proporção de alunos em atraso na escola é maior. 

PALAVRAS-CHAVE: Desempenho Escolar, Prova Brasil, Modelo Hierárquico.

Publicado
2021-01-30
Como Citar
de Paula, J. S. de. (2021). Elementos associados à proficiência em Matemática: um estudo aplicado as escolas públicas em Alagoas. Diversitas Journal, 6(1), 1114-1141. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1487
Seção
Economia, Administração e Desenvolvimento Rural