Perfil de suscetibilidade de Staphylococcus aureus isolados a partir de celulares de estudantes universitários

Resumo

RESUMO: Os aparelhos celulares são um potencial meio de contaminação e disseminação bacteriana, inclusive de bactérias patogênicas como o S. aureus, que possui uma habilidade peculiar em desenvolver mecanismos de resistência contra antimicrobianos. O presente estudo coletou amostras dos aparelhos celulares dos graduandos da saúde com o objetivo de avaliar o perfil de suscetibilidade a antimicrobianos de cepas de S. aureus, utilizando estudantes do curso de direito como grupo controle. Houve o crescimento bacteriano em 82,5% das amostras coletadas do grupo alvo e o S. aureus foi isolado em 37,5% dos telefones. As cepas identificadas apresentaram elevada resistência a penicilina e a eritromicina. Para conter o avanço da resistência bacteriana, ações simples devem ser tomadas, como correta higienização das mãos e aparelhos celulares. 

PALAVRAS-CHAVE: Resistência Bacteriana, profissionais da saúde.

Publicado
2021-01-28
Como Citar
Vieira, F. B., & Castro, C. S. de A. (2021). Perfil de suscetibilidade de Staphylococcus aureus isolados a partir de celulares de estudantes universitários. Diversitas Journal, 6(1), 713-731. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1463