Cultura Campesina: um enfoque sobre a negação da identidade do sujeito do Campo no livro didático de Arte

Resumo

RESUMO: O referido trabalho tem o objetivo de analisar os enfoques sobre a negação da cultura campesina em um livro didático de Arte, bem como as impossibilidades que este material apresenta para a construção identitária do aluno do campo. Analisou-se a composição didática do material: conteúdos, textos, imagens, onde fora levado em consideração os aspectos teóricos de Caldart (2011), Saviani (2007), Arroyo (2011), Hall (2004), Araújo (2016) e outras fontes essenciais. A construção do trabalho se deu por meio de estudo teórico, análise documental e pesquisa participante, de base qualitativa, resultando na compreensão de que o documento analisado não traz enfoques que permitam a construção identitária do aluno do campo.

PALAVRAS-CHAVE: Educação do Campo, Livro didático, Construção identitária.

Publicado
2021-01-31
Como Citar
Santos, J. de A., & Borba, S. I. (2021). Cultura Campesina: um enfoque sobre a negação da identidade do sujeito do Campo no livro didático de Arte. Diversitas Journal, 6(1), 1428-1445. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1437