Biodigestão anaeróbia da manipueira gerada na casa de farinha no município de Branquinha/AL, Brasil

Resumo

RESUMO: A manipueira é um dos resíduos gerados no processamento da mandioca (Manihot esculenta Crantz) durante a produção de farinha, sendo esse subproduto potencialmente tóxico devido à presença de ácido cianídrico (HCN). Para reduzir esse composto químico, levando em conta os riscos do descarte irregular no solo e curso d’água, a manipueira pode ser tratada a partir da fermentação ou digestão anaeróbia por um determinado período. O objetivo do trabalho foi avaliar o biodigestor de sistema descontínuo (batelada) como possível alternativa de reaproveitamento deste resíduo líquido, além de analisar a possibilidade de produzir biogás para contribuir com o desenvolvimento sustentável dos pequenos produtores do Assentamento Eldorado dos Carajás, Branquinha, AL. Foram realizadas coletas e análises com intuito de averiguar o comportamento da manipueira quando sujeita ao processo anaeróbio, considerando as variáveis temperatura e pH (acidez e alcalinidade) antes e após o confinamento do material residual no biodigestor. O modelo tipo batelada apresentou resultados satisfatórios quanto ao desempenho e viabilidade econômica, pois todos os materiais utilizados são de custo mínimo e de fácil manuseio. É necessário o aprimoramento de fontes alternativas para destinar e tratar os resíduos gerados nas casas de farinha do estado de Alagoas.

PALAVRAS-CHAVE: Resíduo líquido da mandioca, Fermentação, Fontes alternativas.

Publicado
2021-01-24
Como Citar
Gonçalves, F. da S., & Ramalho, A. R. dos S. (2021). Biodigestão anaeróbia da manipueira gerada na casa de farinha no município de Branquinha/AL, Brasil. Diversitas Journal, 6(1), 36-47. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i1-1408