Indigenous Marriage and Family Counseling among Oromo Community in Ethiopia

  • Getachew Abeshu Disassa Jimma University
  • Tsehay Baissa Into lecturer

Resumo

RESUMO: Entrevista semiestruturada e FGD foi empregada para extrair informações de treze entrevistados selecionados propositalmente. O resultado do estudo revelou que o aconselhamento matrimonial e familiar é uma tradição entre a comunidade Oromo logo após a depilação dos cabelos nascidos. Principalmente, o pai assume a responsabilidade do homem e a mãe segue a filha. 'Kuchu' e aconselhamento de engajamento, e conhecimento de bênção e maldição estão entre as principais áreas de preocupação. Conseqüentemente, os princípios de aconselhamento matrimonial e familiar, procedimentos e idades de aplicação são fundamentais. A incorporação de conhecimentos indígenas e habilidades de aconselhamento no currículo educacional e treinamento para sua sustentabilidade foi recomendada para atualização.

PALAVRAS-CHAVE: aconselhamento familiar; aconselhamento indígena; aconselhamento matrimonial.

Publicado
2020-10-28
Como Citar
Disassa, G. A., & Into, T. B. (2020). Indigenous Marriage and Family Counseling among Oromo Community in Ethiopia. Diversitas Journal, 5(4), 3008-3029. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i4-1384
Seção
Ciências Humanas e Sociais Aplicadas