Larvas de Delphastus davidsoni Gordon (Coleoptera: Coccinellidae) predando ninfas de mosca branca

Resumo

RESUMO: A couve-manteiga, Brassica oleracea L. var. acephala, Brassicaceae destaca-se por ser susceptível a diversos insetos-praga, dentre esses a ‘mosca-branca’, Bemisia tabaci Genn. (Hemiptera: Aleyrodidae). A família Coccinellidae abriga insetos com hábito predatório, contribuído no controle biológico de diversas pragas, o que permite a otimização de métodos sustentáveis ao meio ambiente.  Deste modo, objetivou-se avaliar a predação das larvas de joaninha Delphastus davidsoni Gordon (Coleoptera: Coccinellidae) sobre ninfas de B. tabaci. O experimento foi conduzido em casa de vegetação e no laboratório da Universidade Estadual de Alagoas – UNEAL, Campus I, em Arapiraca- AL, durante os meses de outubro a novembro/2017. Para implantação do experimento em laboratório, foi utilizado papel filtro, algodão umedecido e um quadrante da folha da couve manteiga 3 cm2. A população de ninfas de B. tabaci foi reduzida em 82% pelas larvas de D. davidsoni. A ação dos coccinelídeos possibilitou também um declínio na população adulta em 38% da presa.  Assim, as larvas de joaninhas apresentaram alto potencial significativo para o controle das ninfas do hemíptero-praga., posteriormente reduzindo o número de insetos adultos. A espécie D. davidsoni é um inseto predador promissor de B. tabaci, podendo ser indicada ao controle biológico na cultura da couve.

PALAVRAS-CHAVE: Controle biológico. Horticultura. Monitoramento.

Biografia do Autor

Diego Jorge da Silva
Biólogo Licenciado.
Publicado
2020-10-27
Como Citar
Silva, D. J. da, Araújo , A. da S., Santos , J. K. B. dos, Santos, T. T. dos, Santos , E. dos, & Barros , R. P. de. (2020). Larvas de Delphastus davidsoni Gordon (Coleoptera: Coccinellidae) predando ninfas de mosca branca. Diversitas Journal, 5(4), 2502-2508. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i4-1266