Potencialidade de Manihot esculenta Crantz (Euphorbiaceae) na Floresta Amazônica, Brasil

Resumo

RESUMO: Euphorbiaceae é uma das maiores, complexas, diversas e importantes famílias botânicas encontradas na região Amazônica. Esta família oferece um grande potencial econômico, com mais de 1.100 espécies, nativas e/ou bem adaptadas no Brasil. As espécies de Euphorbiaceae tem grande destaque na atividade econômica, através da alimentação humana e na medicina a partir do conhecimento popular. O gênero Manihot, faz parte de um gênero neotropical, composto por aproximadamente 98 espécies amplamente distribuídas pela América Latina e Parte da América do Norte. Dessa forma, este trabalho teve como objetivo verificar as diversas potencialidades que Manihot esculenta Crantz apresenta por meio de uma revisão bibliográfica. Sendo assim, realizou-se buscas nas plataformas eletrônicas Google acadêmico, Scientific Electronic Library Online (SCIELO), PubMed, Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e MEDLINE (Literatura Internacional em Ciências da Saúde) e Scopus. Para tanto, utilizando-se uma abordagem descritiva e exploratória, compreendendo o período de inclusão das últimas quatro décadas. Verificou-se que é perceptível a importância socioeconômica desempenhada pela mandioca ao longo dos anos, sendo visível ainda a necessidade da disseminação de novas tecnologias de cultivo que contemplem os produtores e potencializam as produções dessa cultura oferecendo um grande potencial econômico para a região.

PALAVRAS-CHAVE: Botânica Econômica, Produção, Sociodiversidade.

Publicado
2021-05-30
Como Citar
Nina, M. M., Santos, C. P. dos, Rocha, S. F. da, Cavalcante, F. S. A., & Lima, R. A. (2021). Potencialidade de Manihot esculenta Crantz (Euphorbiaceae) na Floresta Amazônica, Brasil. Diversitas Journal, 6(2), 2247-2260. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i2-1253