Problemática da pediculose em escolas públicas de diferentes municípios do estado de Alagoas: uma visão dos gestores

  • Gercilânio Tárcio de Oliveira Universidade Federal de Alagoas
  • José Rodrigo da Silva Ferreira Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas
  • Thiago José Matos Rocha
  • Claudia Maria Lins Calheiros Universidade Federal de Alagoas

Resumo

RESUMO: A Pediculose é uma doença ectoparasitária, frequentemente encontrada em ambiente escolar, de grande importância para saúde pública, causada pelo Pediculus capitis. Este ectoparasito, conhecido popularmente como piolho, atinge entre 15 a 20% das crianças, todos os anos, a nível mundial e, pela coceira que provoca no couro cabeludo, pode abrir portas de entrada para infecções oportunistas, originando o impetigo (feridas na cabeça). O parasitismo pelo piolho pode estar associado ao comprometimento do rendimento escolar, principalmente devido à diminuição da autoestima, que pode interferir nas atividades diárias dos estudantes. O presente trabalho objetivou verificar a presença da problemática pediculose do couro cabeludo nas escolas da zona urbana de rede pública das cidades: Branquinha, Murici, São José da Laje e União dos Palmares, com o intuito de se traçar um diagnóstico inicial, através de um questionário direcionado aos gestores de 26 escolas, pertencentes a estas cidades. Em 50% das escolas havia a indicação da presença da problemática, nas outras 50% os gestores afirmaram não existir ou não ter conhecimento da presença da ectoparasitose. Os dados possibilitaram identificar que o período após as chuvas, com temperaturas elevadas e úmidas e após as férias escolares (fevereiro e agosto) é o de maior ocorrência de pediculose nos escolares, segundo os gestores. Através deste diagnóstico inicial pode-se planejar estratégias de sensibilização em educação para saúde, bem como estudos para o controle deste ectoparasito nas escolas onde é frequentemente encontrado.

PALAVRAS-CHAVE: Pediculus capitis, Comunidade escolar, Pediculose.

Publicado
2020-10-28
Como Citar
Oliveira, G. T. de, Ferreira, J. R. da S., Rocha, T. J. M., & Calheiros, C. M. L. (2020). Problemática da pediculose em escolas públicas de diferentes municípios do estado de Alagoas: uma visão dos gestores. Diversitas Journal, 5(4), 3155-3168. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i4-1215