Equação de regressão para estimar volume de gases ruminais e correlação entre composição química e parâmetros da fermentação

  • Vinicius da Silva Oliveira Universidade Federal de Sergipe
  • Jucileira Aparecida da Silva Moraes Universidade Federal de Sergipe
  • Jailson Lara Fagundes Universidade Federal de Sergipe
  • Juliana Caroline dos Santos Santana Universidade Federal Rural do Mato Grosso do Sul
  • Evandro Neves Muniz Embrapa Tabuleiros Costeiros
  • Roberta de Lima Valença Universidade Federal Rural de Pernambuco

Resumo

RESUMO: Objetivou-se determinar a equação de regressão para se estimar o volume de gases para implantação da técnica semiautomática de produção de gases in vitro e avaliar a correlação entre os parâmetros de fermentação ruminal e de composição bromatológica de forrageiras tropicais. As espécies avaliadas foram Urochloa brizantha cv. MG-5, Andropogon gayanus, Urochloa humidicola e Digitaria umfolozi. As forrageiras foram avaliadas quanto a composição química e cinética de fermentação ruminal pela técnica de produção de gases in vitro semiautomática. A pressão mínima de gases obtida foi de 0,09 psi, sendo a pressão máxima registrada foi de 4,8 psi, o volume mínimo de gases registrado foi de 0,30 ml e o máximo de 20 mL. A equação linear é a que melhor prediz os dados de volume de gases em relação a pressão, por possuir valor de R2 e correlação variando de 0,94 a 1,00, respectivamente). O aumento no teor de matéria seca, matéria orgânica, proteína bruta e lignina reduzem o volume total de gases produzido. A composição químico-bromatológica correlaciona-se com alguns parâmetros de fermentação ruminal, refletido na cinética da degradação das forrageiras.

PALAVRAS-CHAVE: Degradabilidade digestibilidade, forrageiras, graminea, produção de gás, técnica semiautomática.

Publicado
2020-10-28
Como Citar
Oliveira, V. da S., Moraes, J. A. da S., Fagundes, J. L., Santana, J. C. dos S., Muniz, E. N., & Valença, R. de L. (2020). Equação de regressão para estimar volume de gases ruminais e correlação entre composição química e parâmetros da fermentação . Diversitas Journal, 5(4), 3238-3249. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i4-1205