Narrativas de mulheres que constroem suas histórias no sertão sergipano

  • Ana Karlla Messias Universidade Federal de Sergipe
  • Ana Paula da Silva Universidade Federal de Sergipe

Resumo

RESUMO: Este artigo objetivou analisar as narrativas de mulheres sertanejas do sertão sergipano através da utilização da história oral como ferramenta de pesquisa. Para tanto, foram realizadas entrevistas e revisão bibliográfica bem como uma seleção de narrativas que foram coletadas por membros da turma do Mestrado Profissional em Ensino de História da Universidade Federal de Sergipe – UFS, no semestre de 2019.2. Pretende-se com essas narrativas contribuir com a desmitificação de preconceitos e estereótipos que cercam a mulher sertaneja, bem como evidenciar as adversidades do cotidiano sertanejo que estas mulheres precisam enfrentar. Além disso, buscou-se elaborar um trabalho que possa servir como subsídio aos professores de história ao trabalharem com as questões referentes a vida da mulher sertaneja e estimular o uso da história oral enquanto fonte e método de pesquisa.

PALAVRAS-CHAVE: Mulher sertaneja; História oral; Ensino de História.

Biografia do Autor

Ana Karlla Messias, Universidade Federal de Sergipe

Bolsista CAPES, Mestranda em Ensino de História pelo Programa de Pós – Graduação em Ensino de História (PROFHISTÓRIA) da Universidade Federal de Sergipe – UFS.

Ana Paula da Silva, Universidade Federal de Sergipe

Mestranda em Ensino de História pelo Programa de Pós – Graduação em Ensino de História (PROFHISTÓRIA) da Universidade Federal de Sergipe – UFS.

Publicado
2020-04-09
Como Citar
Messias, A. K., & Silva, A. P. da. (2020). Narrativas de mulheres que constroem suas histórias no sertão sergipano. Diversitas Journal, 5(2), 1354-1367. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i2-1130
Seção
Dossiê Temático - História oral e territorialidades sertanejas