A ecologia e conservação: um olhar extra sala

  • Ana Marta da Silva Lima Universidade Estadual de Alagoas
  • Rubens Pessoa de Barros

Resumo

RESUMO: Este artigo tem como objetivo utilizar atividades extra sala, para estimular, observar, questionar e facilitar a interação com o meio ambiente.  As trilhas, enquanto instrumento pedagógico para a educação ambiental ou ecologia ambiental devem explorar o raciocínio lógico, incentivar a capacidade de observação e reflexão, além de apresentar conceitos ecológicos e estimular a prática investigatória. Na primeira metodologia. Para essa aula, os alunos se deslocaram para a Serra da Mangabeira no lado nordeste do município de Arapiraca, distante cerca de 5 km do centro. Na segunda parte, a visitação foi ao povoado Bom Jardim no lado leste do município de Arapiraca, distante cerca de 10 km do centro. Na última trilha pode-se ressaltar uma área conhecida por seu lago da Perucaba se encontra no lado oeste de Arapiraca, com 5 km de distância do centro. A trilha ecológica propicia dados qualitativo e quantitativo, entretanto as observações feitas com base à mesma vêm de cunho sensitivo, olfativo e do campo da visão, com isso pode-se concluir que as observações mais importantes nos outros dados foram de suma, devido a qualidade proposta pelo ambiente. Como conclusão observou-se que, o uso de atividades ao ar livre propicia uma experiência direta e mais significativa como método de aprendizagem.

PALAVRAS-CHAVE: Campo, diversidade, entomologia.

Publicado
2020-10-27
Como Citar
Lima, A. M. da S., & Barros, R. P. de. (2020). A ecologia e conservação: um olhar extra sala . Diversitas Journal, 5(4), 2649-2659. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i4-1096