O ensino de Geografia e as estratégias de combate à desertificação e a degradação da terra no semiárido alagoano

  • Wilma Lima Maciel Universidade Federal de Alagoas
  • Ricardo Santos de Almeida IFAL

Resumo

RESUMO: A educação contextualizada se faz necessária para trabalhar o ensino de Geografia como forma de combate à desertificação e a degradação da terra no semiárido alagoano. Assim, esse trabalho pretende compreender o ensino de Geografia como forma de combate à desertificação da terra, partindo de uma abordagem sobre a educação contextualizada, afim de apresentar estratégias de ensino voltadas para a proteção do bioma Caatinga. Preferiu-se um caminho metodológico pautado inicialmente na leitura e discussão de alguns referenciais teóricos como Carvalho (2011), Falcão (2008), Moreira (2008), Sá Bezerra (2009), dentre outros. Em um segundo momento, realizou-se uma pesquisa de campo a título de confronto da teoria com a realidade local, no sentido de traçar exemplos de como o professor pode realizar uma análise do ensino de Geografia como forma de trabalhar a educação contextualizada, em prol da preservação do semiárido alagoano, em especial do município de Delmiro Gouveia-AL. O trabalho também se embasou em uma pesquisa bibliográfica qualitativa in loco, na qual se baseou na análise do livro didático de Geografia “Vontade de Saber”, do 6° ano do ensino fundamental e de autoria de Neiva Camargo Torrezani (2015), por ser usado em escolas locais. Buscando responder questionamentos como: de que forma se dá o ensino contextualizado no semiárido. Essa pesquisa tem como objetivo geral analisar como o ensino de geografia pode contribuir para a compreensão da consciência ambiental no semiárido alagoano. como objetivos específicos identificar quais as particularidades no semiárido alagoano. Compreender quais as estratégias didático-pedagógicas usadas para trabalhar conteúdos como desertificação e degradação do semiárido alagoano no ensino de geografia. Foi possível observar que através do uso inadequado da terra, a degradação está ocorrendo e devido os livros didáticos serem padronizados, os conteúdos não dão ênfase as especificidades territoriais do semiárido, então cabe ao professor ser o mediador desse processo.

PALAVRAS-CHAVE: Ensino Contextualizado. Estratégias Didático pedagógico. Uso inadequado da terra.

Publicado
2020-04-10
Como Citar
Maciel, W. L., & Almeida, R. S. de. (2020). O ensino de Geografia e as estratégias de combate à desertificação e a degradação da terra no semiárido alagoano. Diversitas Journal, 5(2), 1200-1212. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i2-1061