O uso indiscriminado de agrotóxicos e suas consequências na saúde humana e no ambiente: revisão bibliográfica

  • Anne Mirian da Silva Gomes Universidade Estadual de Alagoas
  • Janimara Marques da Silva
  • Claudimary Bispo dos Santos

Resumo

É comum no Brasil e em todo o mundo a utilização de agrotóxicos na agricultura. Em 1950 se iniciou o uso intenso de agrotóxicos nos Estados Unidos, com a chamada ‘Revolução Verde’, objetivando modernizar a agricultura e aumentar a produtividade. Em geral, essas substâncias servem para evitar ou combater algum tipo de praga nas plantações. Porém, quando utilizadas de forma inadequada podem provocar riscos à saúde da população e ao ambiente tornando-se, assim, um problema de saúde pública. Diante disso, a presente pesquisa teve como objetivo realizar uma revisão bibliográfica acerca das consequências para a saúde e para o ambiente, decorrentes do uso indiscriminado de agrotóxicos. A pesquisa foi realizada durante os meses de abril a agosto de 2019, sendo de cunho qualitativo, mediante levantamento bibliográfico em bases de dados digitais. A utilização de agrotóxicos ocorre há muito tempo, sendo estes utilizados em todas as regiões brasileiras, incluindo o Nordeste e Estado de Alagoas, onde existem dois cultivos muito fortes e representativos que exigem a utilização de agrotóxicos que é a fumicultura, presente no município de Arapiraca, e a plantação de cana-de-açúcar que se distribui fortemente em todo o estado. Assim, deve-se levar tais conhecimentos à população em geral e também preparar os agricultores para manusear esses produtos de forma adequada.

PALAVRAS-CHAVE: Meio Ambiente, Veneno Agrícola, Agricultura.

Publicado
2020-07-05
Como Citar
Gomes, A. M. da S., Silva , J. M. da, & Santos , C. B. dos. (2020). O uso indiscriminado de agrotóxicos e suas consequências na saúde humana e no ambiente: revisão bibliográfica. Diversitas Journal, 5(3), 1691-1706. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i3-1041