O avanço da sojicultura no nordeste brasileiro: reflexões iniciais sobre a região da SEALBA

  • Flávio dos Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Christiane Senhorinha Soares Campos Universidade Federal de Sergipe

Resumo

RESUMO: O artigo tem como propósito realizar uma reflexão sobre o projeto de implantação da sojicultura em uma área de terras contíguas localizada nos estados de Sergipe, Alagoas e Bahia, que recebeu o nome de SEALBA, acrônimo das siglas destes três estados, respectivamente. Este recorte territorial vem sendo apontado como possuidor de um grande potencial agrícola para o cultivo da soja. Alicerçados na análise dos dados da EMBRAPA Soja, EMBRAPA Tabuleiros Costeiros e do Censo Agropecuário IBGE (2017), bem como ancorados em uma reflexão teórica pautada no debate dos processos de mundialização do capital e modernização da agricultura, busca-se analisar os objetivos do agronegócio no que tange à implantação do cultivo da soja na região da SEALBA, com ênfase no contexto alagoano, a fim de desvelar os nocivos impactos socioambientais que podem engendrar.     

PALAVRAS-CHAVE: Soja, Agronegócio, Alagoas.

Publicado
2020-01-13
Como Citar
Santos, F. dos, & Campos, C. S. S. (2020). O avanço da sojicultura no nordeste brasileiro: reflexões iniciais sobre a região da SEALBA. Diversitas Journal, 5(1), 203-220. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v5i1-1032
Seção
Ciências Humanas e Sociais Aplicadas