BREVE HISTÓRICO DOS ESTUDOS FONOLÓGICOS

  • João Henrique da Costa Cardoso

Resumo

O presente trabalho, de cunho teórico, procura discorrer sobre a evolução dos estudos fonológicos no campo linguístico. A partir dos pressupostos estabelecidos, às vezes de forma equivocada, no Curso de Linguística Geral, de Ferdinand de Saussure, base da teoria linguística moderna, este trabalho busca oferecer uma visão panorâmica sobre as teorias fonológicas do século XX, passando pela Fonologia Clássica (Fonêmica), cujas bases foram disseminadas pelo Círculo Linguístico de Praga na década de 1930, pela Fonologia Gerativa Linear, com o lançamento de The Sound Pattern of English, de Chomsky e Halle, obra de 1968, e por teorias fonológicas de base gerativa ditas não lineares, como a Autossegmental e a Métrica, desenvolvidas inicialmente por Goldsmith, na década de 1970, a partir do trabalho de descrição de línguas tonais. O trabalho procura, ainda, relacionar as teorias apresentadas com a língua portuguesa.
Publicado
2012-12-01
Seção
Artigos