JUVENTUDES E SUBJETIVIDADES: A CONSTRUÇÃO SOCIAL DOS ATORES JUVENIS NO ESPAÇO ESCOLAR

  • Yvisson Gomes dos Santos Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Resumo

O presente artigo pretende comentar sobre os temas das juventudes e das subjetividades nas concepções histórica e social (ABRANTES, 2003), inseridas no contexto da modernidade líquida (BAUMAN, 2001). A ideia central é de que a escola, como espaço de transmissão do conhecimento, também nela se formam grupos juvenis diversos com suas heterotipias psíquicas e sociais singulares. Utilizou-se da noção de habitus (BOURDIER, 2009) para explanar as representações psíquicas e sociais das juventudes e das subjetividades. Também, não se deixou de pontuar sobre a alteridade, o Outro (LACAN, 1991), como complemento as nossas investigações sobre a temática exposta, concluindo que as juventudes e as subjetividades são terminologias orgânicas, vivas dentro do espaço escolar. O presente artigo fez parte da disciplina Juventudes e Escolarização, do PPGE/CEDU/UFAL, tendo a Dra. Rosimeire Reis como docente

Biografia do Autor

Yvisson Gomes dos Santos, Universidade Federal de Alagoas - UFAL
Psicólogo (CESMAC), licenciado em filosofia (UFAL), especialista em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira pela UNICID/AAL. Atualmente é mestrando em Educação Brasileira pelo CEDU/PPGE/UFAL.

Referências

ABRANTES, P. Identidades Juvenis e dinâmicas de escolaridade. In.: Sociologia, problemas e praticas, nº 41, 2003.

ARIÈS, P. A História Social da Criança e da Família. 2 ed. Trad. Dora Flaksman. Rio de Janeiro: Editora Guanabara, 1981.

BAUMAN, Z. Modernidade Líquida. Trad. Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

CHARLOT, B. A escola e o trabalho dos alunos. In.: Revista Sísifo/ Revista de Ciências da Educação, nº 10 – set/dez/2009.

LACAN, J. O Seminário – Livro 7 - A ética da psicanálise: Rio de Janeiro, Jorge Zahar Edit., 1991.

LIMA, W. M. A crise metafísica da subjetividade. In.: Revista Tópica Nº 4, 2005.

ROCKWELL, E; EZPELETA, J. A Construção social da escola. In.: Revista Brasileira Esp. Pedagógica. Brasília: jan/abr, 1985.

ROUSSEAU, J-J. Emílio ou da Educação. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

TEIXEIRA, U. Dicionário de teatro. São Luis: Editora Instituto Geia, 2005

Publicado
2013-01-05
Seção
Artigos