Sífilis gestacional na atençao básica

  • Manoel Vitório Souza Santana FASVIPA
  • Priscila Nayara Gerônimo Barbosa
  • Jauan Fellipe Lima Santos

Resumo

Sífilis gestacional é uma Infecção Sexualmente Transmissível transmitida pela bactéria Treponema pallidum que quando não tratada pode resultar em morte fetal precoce por transmissão vertical; tendo o SINAN registrado 37.436 casos de sífilis presentes na gestação em 2017. Considerando o enfermeiro como agente da prevenção e promoção de saúde, o trabalho objetiva analisar as formas de prevenção e tratamento para a sífilis na gestação aplicada pelo corpo de enfermagem em Unidade Básica de Saúde em caráter literário exploratório, respondendo à questão norteadora: “quais as intervenções de enfermagem contidas na literatura acerca da prevenção e tratamento de sífilis gestacional na atenção primária?”. O método utilizado foi à pesquisa bibliográfica nas bases de dados LILACS, SCIELO e GOOGLE ACADEMICO, utilizando-se das palavras chaves: sífilis gestacional, enfermagem, prevenção e tratamento. O resultado desse estudo permitiu analisar 51 artigos relacionados ao tema, porém excluindo 31 artigos que não respondiam a questão norteadora; a partir dos 20 artigos formularam-se quatro respostas para redação das informações: “rastreamento e controle dos casos de sífilis gestacional; educação em saúde; adesão ao tratamento do casal; e prescrição e administração medicamentosa”. O trabalho concluiu o relevante trabalho do enfermeiro na prevenção da doença, ainda na gestação, e promoção da saúde através das ações e intervenções realizadas na Unidade Básica de Saúde.

Publicado
2019-06-03
Como Citar
Manoel Vitório Souza Santana, Gerônimo Barbosa, P. N., & Lima Santos, J. F. (2019). Sífilis gestacional na atençao básica. Diversitas Journal, 4(2), 403-419. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v4i2.783