Necessidades odontológicas de adultos e crianças com anemia falciforme de um centro de referência de Alagoas

  • Aline Cachate de Farias CESMAC
  • Kartland Vieira de Luna Paiva CESMAC
  • Arthur Eric Costa Wanderley CESMAC
  • Luciano Bairros da Silva CESMAC
  • Vanessa de Carla Batista Santos Centro Universitário Cesmac
  • Sonia Maria Soares Ferreira CESMAC

Resumo

A Doença falciforme é uma hemoglobinopatia genética de alta prevalência no Brasil, caracterizada pelo afoiçamento das hemácias, gerando quadros de infarto tecidual e isquemia nos diversos tecidos e órgão do organismo. Este estudo, transversal observacional, analisou 53 pacientes, 27 crianças e 26 adultos, atendidos no Hemocentro de Alagoas, com o objetivo de realizar o levantamento do diagnóstico e das necessidades de tratamento odontológico, bem como descrever o perfil epidemiológico desses pacientes. Os dados foram registrados de acordo com a ficha de avaliação da saúde bucal da Organização Mundial de Saúde. Os dados foram armazenados e analisados através do software SPSS® 17. O gênero feminino foi o mais frequente entre os adultos e o masculino entre as crianças. Adultos com cor da pele negra e crianças pardas foram os mais freqüentes. Palidez da mucosa estava presente em todos os casos. Embora bem orientados em relação à higiene bucal houve um alto percentual de dentes com cárie e ceo-d e CPO-D altos. A má oclusão se apresentou, pela alta freqüência e severidade, como um problema importante para estes pacientes. Os achados apontam para a necessidade de tratamento da cárie dentária e das oclusopatias de grande importância neste grupo de pacientes demonstrando a necessidade de um planejamento adequado de tratamento que previnam e tratem estas patologias.

 

Biografia do Autor

Vanessa de Carla Batista Santos, Centro Universitário Cesmac

Departamento de odontologia

Area: ciências da saúde 

Referências

BERNIERI, T.; FIOR, D.; ARDENGHI, P.G. Prevalência de hemoglobina S em doadores de sangue do hemocentro de Passo Fundo, Rio Grande do Sul, Brasil. Rev. Bras. Pesq.Saúde, v.19, n. 4, p. 104-108, Out/Dez, 2017.

FELIX, A.A.; SOUZA, H.M.; RIBEIRO, S.B.F.; Aspectos epidemiológicos e sociais da doença falciforme. Rev Bras Hematol Hemoter, v.32, n.3, p. 203-208, 2010.

FREITAS, A.B.D.A.; FERNANDES, L.C.S. Atendimento odontológico em pacientes com anemia falciforme. Políticas e saúde coletiva, Belo Horizonte, v. 2, n. 3, Jun 2017.

FREITAS, S. L.F.; IVO, M.L.; FIGUEIREDO, M.S.; GERK, M.A.S.; NUNES, C.B.; MONTEIRO, F.F. Qualidade de vida em adultos com doença falciforme: revisão integrativa da literatura. Rev Bras Enferm, v.71, n.1, p. 207-17, 2018.

FRANCO, B.M.; GONÇALVES, J.C.H.; SANTOS, C.R.R. Manifestações bucais da anemia falciforme e suas implicações no atendimento odontológico. Arquivos em Odontologia, v. 43, n. 3, p. 92-96, 2007.

GOMES, A.P.M.; FERREIRA, H.C.G.; GUARÉ, R.O.; GOMES, A.M.M. Manifestações bucais da anemia falciforme em gêmeos heterozigóticos. Rev. Bras. Pesq. Saúde, Vitória, v.18, n. 2, p. 136-145, Abr/Jun, 2016.

GONÇALVES, I.D.; CORDEIRO,M.M.; SILVA, Z.B. Anemia falciforme e o comprometimento da aprendizagem em crianças e jovens no período escolar. Rev. Ens. Educ. Cienc. Human, v.15, n. 2, p. 245-251, 2018.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretária de gestão estratégica e participativa. Departamento de articulação interfederativa. Painel de Indicadores do SUS No 10 temático da população negra. Ministério da saúde, Secretária de gestão estratégica e participativa. Brasília: 2016. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/tematico_saude_populacao_negra_v._7.pdf

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Secretária de atenção a saúde. Departamento de atenção especializada. Doença Falciforme: condutas básicas para o tratamento. Ministério da saúde, Secretária de atenção a saúde. Brasília: 2013. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/doenca_falciforme_condutas_basicas_tratamento.pdf

QUIARATI, J.B.; JUNIOR, G.Z. Prevalência de portadores de hemoglobinas s em população afrodescendente em Maringá – PR. Revista Uningá, Maringá, v.45, p.22-26, Jul/Set, 2015.

RODRIGUES, M.J.; MENEZES, V.A.; LUNA, C.A. Saúde Bucal em portadores de anemia falciforme. Rev. Gaúch. Odontol, Porto Alegre, v. 61, n. 1, Jul/Dez, 2013.

SOARES, M.R.P.S.S.; MACHADO, W.C.; HENRIQUE, M.N.; RESKALLA, H.N.J.F.; CHAVES, M.G.A.M. Anemia falciforme: manifestações bucais e multidisciplinares relato de caso clínico. HU Revista Juiz de Fora, v. 39, n. 3 e 4, p.xx-xx, Jul/Dez, 2013.

SOARES, L.F.; SILVA, J.A.; SILVA, K.M.C.; DAMASCENO, B.P.G.; VERDE, R.M.C.; LIMA, E.M.; FERNADES, S.S.; LINS, S.P.; GONÇALVES, M.S. Prevalência de hemglobinas variantes em comunidades quilombolas no estado do Piauí, Brasil. Ciên.Saúde Colet, v. 22, n. 11, Nov 2017.

SOARES, F.F.; ROSSI, T.R.A.; BRITO, M.G.S.; VIANNA, M.I.P.; CANGUSSU, M.C.T. Condições de saúde bucal e fatores sociodemográficos de crianças de 6 a 96 meses com doença falciforme no Estado da Bahia. Rev Odontol UNESP, Araraquara, v. 39, n. 2, Mar/Abr 2010.

SOARES, L.F.; NETO, B.M.; SÁ, C.G,.; OLIVEIRA, E.H.; ARAÚJO, B.A.C.; VELOSO, R.P. Da mãe África aos filhos do Brasil: expressão de herança genética para a anemia falciforme em estudantes de curso de farmácia da Universidade Federal do Piauí. RBAC, v.41, n. 3, p.235-237, 2009.

YAMAGISHI, J.A.; ALVES, T.P.; GERON, V.L.M.G.; LIMA, R.R.O. Anemia ferropriva: Diagnóstico e tratamento. Revista ciêntifica da faculdade de educação e meio ambiente, v.8, n.1, p. 99-110, Jan/Mar, 2017.

Publicado
2019-06-04
Como Citar
Cachate de Farias , A., Vieira de Luna Paiva , K., Eric Costa Wanderley, A., Bairros da Silva, L., de Carla Batista Santos, V., & Maria Soares Ferreira, S. (2019). Necessidades odontológicas de adultos e crianças com anemia falciforme de um centro de referência de Alagoas. Diversitas Journal, 4(2), 646-657. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v4i2.771
Seção
Dossiê Temático - Pesquisa em saúde: uma abordagem multidisciplinar