Prevenção do pé diabético: uma revisão integrativa

  • Kleviton Leandro Alves Santos Faculdade CESMAC dos Sertão
  • Tamiris de Souza Xavier Faculdade CESMAC do Sertão
  • Raquel dos Santos Vieira Siqueira Enfermeira. Pós-graduada em Enfermagem Dermatológica IDE
  • Ana Paula Ramos da Silva Duarte Faculdade CESMAC do Sertão
  • Andressa Ferreira Leite Ladislau Enfermeira. Mestre de Enfermagem em educação em Saúde e Esp. em Enfermagem em Estomoterapia: estomias, feridas e incontinências.

Resumo

RESUMO: Diabetes Mellitus é conjunto de distúrbios metabólicos, que tem como característica principal a hiperglicemia, sendo uma epidemia que acomete milhões de pessoas. A Diabetes Mellitus é classificada em dois tipos. O tipo 1 é mais comum em crianças e adolescentes, enquanto o tipo 2 atinge adultos com histórico familiar de diabetes. Os problemas com os pés representam uma das mais importantes complicações crônicas da diabetes. Uma série de alterações anatomopatológicas e neurológicas periféricas causa o aparecimento de pontos de pressão e ressecamento cutâneo que comprometem os pés do paciente diabético. A equipe de enfermagem tem como papel principal a orientação dos pacientes e familiares nos cuidados. Objetiva-se identificar na literatura científica nacional de enfermagem, as ações do enfermeiro no cuidado do paciente portador do pé diabético, a fim de apresentar um apanhado acessível dos principais aspectos de prevenção da úlcera diabética. Trata-se de uma revisão integrativa utilizando periódicos online indexados nos portais da Biblioteca Virtual em Saúde, sobre as intervenções de enfermagem para tratamento (cuidado) ao paciente com pé diabético. Discussão: Todos os estudos foram classificados com nível de evidência IV e foram provenientes da base de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde. O exame físico detalhado foi a recomendação mais citada entre os artigos, seguidos: do uso de sapatos adequados, o uso de meias de algodão, limpas e brancas, hidratação, corte das unhas, alimentação adequada e prática de atividade de física. Conclui-se que se faz necessária a construção do conhecimento científico por meio das pesquisas de saúde, e este estudo sinaliza a necessidade de uma contínua busca de novas estratégias para prevenção e cuidados com os pés.

PALAVRAS-CHAVE: Pé Diabético, Prevenção, Cuidados de Enfermagem.


ABSTRACT: Diabetes Mellitus is a set of metabolic disorders, which has as its main characteristic hyperglycemia, being an epidemic that affects millions of people. Diabetes Mellitus is classified into two types. Type 1 is more common in children and adolescents, while type 2 affects adults with a family history of diabetes. Foot problems represent one of the most important chronic complications of diabetes. A series of anatomopathological and peripheral neurological changes causes the appearance of pressure points and skin dryness that compromise the feet of the diabetic patient. The nursing team has as its main role the orientation of patients and family members in care. The objective of this study was to identify the actions of the nurse in the care of patients with diabetic foot in order to present an accessible survey of the main aspects of diabetic ulcer prevention. This is an integrative review using online journals indexed in the portals of the Virtual Health Library, about nursing interventions for treatment (care) to the patient with diabetic foot. Discussion: All studies were classified with IV level of evidence and were derived from the Latin American and Caribbean Literature in Health Sciences database. Detailed physical examination was the most cited recommendation among the articles, followed by the use of shoes appropriate, the use of cotton socks, clean and white, moisturizing, nail cutting, proper nutrition and practice of physical activity. It is concluded that it is necessary to build scientific knowledge through health research, and this study indicates the need for a continuous search for new strategies for prevention and care of the feet.

KEYWORDS: Diabetic Foot, Prevention, Nursing Care.

Biografia do Autor

Kleviton Leandro Alves Santos, Faculdade CESMAC dos Sertão
Autor correspondente: Acadêmico de Enfermagem da Faculdade CESMAC do Sertão. Palmeira dos Índios Alagoas. Pesquisador do Programa Semente de Iniciação Científica– PSIC. Extesionista Membro Participante da Liga de Terapia Intensiva da Universidade Federal de Alagoas – LATIAR/ UFAL. Membro do Projeto de pesquisa integrado Proccaext – Drogas de Abuso Materno-infantil/ UFAL. E-mail: klevitonl@gmail.com; Telefone: (082) 9-9995-6142. Endereço: Rua Manoel Martins Lemos, 680. Primavera, Arapiraca Alagoas CEP: 57304.
Tamiris de Souza Xavier, Faculdade CESMAC do Sertão
Acadêmica de Enfermagem da Faculdade CESMAC do Sertão. Palmeira dos Índios Alagoas. 
Ana Paula Ramos da Silva Duarte, Faculdade CESMAC do Sertão
Enfermeira. Mestre em Ensino na Saúde pela FAMED/UFAL - Faculdade de Medicina/Universidade Federal de Alagoas. Especialista em Saúde Pública, Urgência e Emergência e Obstetrícia. Docente da Faculdade CESMAC do Sertão.

Referências

ALVIN, D. B. Enfermagem na prevenção e no cuidado do pé diabético. Rev. Educ. meio AMB. Saú., v. 7, n. 2, Abr/Jun. 2017.< https://www.google.com.br/search?q=ALVIN%2C+D.+B.+Enfermagem+na+preven%C3%A7%C3%A3o+e+no+cuidado+do+p%C3%A9+diab%C3%A9tico.+Rev.+Educ.+meio+AMB.+Sa%C3%BA.%2C+v.+7%2C+n.+2%2C+Abr%2FJun.+2017&oq=ALVIN%2C+D.+B.+Enfermagem+na+preven%C3%A7%C3%A3o+e+no+cuidado+do+p%C3%A9+diab%C3%A9tico.+Rev.+Educ.+meio+AMB.+Sa%C3%BA.%2C+v.+7%2C+n.+2%2C+Abr%2FJun.+2017&aqs=chrome..69i57.2452j0j4&sourceid=chrome&ie=UTF-8>. Data de acesso: 03/02/2017.

AMARAL, AS; TAVARES, DMS. Cuidados com os pés: conhecimento entre pessoas com diabetes mellitus. Rev. Eletr. [Internet], v. 11, n. 2. 2009.< https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v11/n4/pdf/v11n4a05.pdf>. Data 04/01/2017.

ANDRADE, NHA; SASSO-MENDES, KD; FARIA, HTG; MARTINS, TA; SANTOS, MA; TEIXEIRA, CRS; ZANETTI,ML. Pacientes com Diabetes Mellitus: cuidados e prevenção do pé diabético em Atenção Primária à saúde. Rev.. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, v. 18, n. 4, out./dez. 2010. < http://www.facenf.uerj.br/v18n4/v18n4a19.pdf> Data de acesso: 09/01/2014.

AUDI, EG; MOREIRA, RC; MOREIRA, ACMG; PINHEIRO, FC; MANTOVANI, MF; ARAÚJO, AG. Avaliação dos pés e classificação do risco para pé diabético: contribuições da enfermagem. Cogitare Enferm., v.16, n. 2, Abr/Jun. 2011. < http://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/19975/15102>. Data de acesso 03/02/2016.

BOELL, JEW; RIBEIRO, RM; SILVA, DMGV. Fatores de risco para o desencadeamento do pé diabético. Rev. Eletr. Enf. [Internet], v. 16, n. 2, abr/jun. 2014. < https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v16/n2/pdf/v16n2a15.pdf>. Data de acesso: 08/01/2017.

BORBA AKOT, MARQUES APO, LEAL MCC, RAMOS RSPS. Práticas educativas em diabetes Mellitus: revisão integrativa da literatura. Rev. Gaúcha Enferm., Porto Alegre (RS), v. 33, n. 1, mar. 2012.< http://www.scielo.br/pdf/rgenf/v33n1/a22v33n1.pdf>. Data de acesso: 03/02/2017.

BRAGANÇA, CM; GOMES, IC; FONSECA; MRCC; COLMANETTI, MNS; VIEIRA, MG; SOZA, MFM. Avaliação das práticas preventivas do pé diabético. J. Health Sci Inst., v. 28, n. 2. 2010.< https://www.unip.br/comunicacao/publicacoes/ics/edicoes/2010/02_abr-jun/V28_n2_2010_p159-164.pdf> Data de acesso: 09/01/2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Caderno de Atenção Básica nº 16. Diabetes Mellitus.2006a.<http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diabetes_mellitus_cab16.pdf>. Data de acesso: 04/01/2017.

BRASIL. Manual do pé diabético. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica, 2016. < http://dab.saude.gov.br/portaldab/biblioteca.php?conteudo=publicacoes/manual_do_pe_diabetico.> Data de acesso: 03/01/2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Plano de Ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil. 2011.<http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/plano_acoes_enfrent_dcnt_2011.pdf>. Data de acesso: 04/01/2017.

CAIFA, JS; CASTRO, AA; FIDELIS, C; SANTOS, VP; SILVA, ES; JUNIOR CJS. Atenção integral ao portador de pé diabético. J. Vasc. Bras., v. 10, n. 4. 2011. <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S167754492011000600001> Data de acesso:04/01/2017.

CARVALHO, RDP; CARVALHO, CDP; MARTINS, DA. Aplicação dos cuidados com os pés entre portadores de diabetes mellitus. Cogitare Enferm, v. 15, n.

, jan/mar. 2010. < http://revistas.ufpr.br/cogitare/article/viewFile/17180/11315>. Data de acesso: 07/01/2017.

COSSON, ICO; NEY-OLIVEIRA, F; ADAN, LF. Avaliação do conhecimento de medidas preventivas do pé diabético em pacientes de Rio Branco, Acre. Arq. Bras. Endocrinol. Metab., v. 49 n. 4, ago. 2005. < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302005000400013>. Data de acesso: 07/01/2017.

COSTA, JA; BALGA, RSM; ALFENAS, RCG; COTTA; RMM. Promoção da saúde e diabetes: discutindo a adesão e a motivação de indivíduos diabéticos participantes de programas de saúde. Ciências & Saúde Coletiva, v. 16, n. 3. 2011. <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232011000300034&script=sci_abstract&tlng=pt>.Data de acesso: 07/01/2014.

CRITICAL APPRAISAL SKILLS PROGRAMME (2017). CASP make sense of evidence. 10 questios to help you make sense of qualitative research. England. [Internet]. 2006. . Data de acesso 21/05/2017.

CUBAS, MR; SANTOS, OM; RETZLAFF, EMA; TELMA, HLC; ANDRADE, IPS; MOSER, ADL; ERZINGER, AR. Pé diabético: orientações e conhecimento sobre cuidados preventivos. Fisioter. Mov., v. 26, n. 3, jul./set. 2013. < http://www.scielo.br/pdf/fm/v26n3/a19v26n3.pdf>. Data de acesso: 04/01/2017.

DANTAS, DV; COSTA, JL; DANTAS, RAN; TORRES, GV. Atuação do enfermeiro na prevenção do pé diabético e suas complicação: Revisão de literatura. Carpe Diem: Revista Cultura e Científica do UNIFACEX. v. 11, n. 11, 2013.. Data de acesso: 03/01/2017.

ERCOLE, FF; MELO, LS; ALCOFORADO, CLGC. Revisão Integrativa versus Revisão Sistemática. Rev. Min. de Enfermagem, v. 18, n. 1, jan./mar. 2014. < http://www.reme.org.br/artigo/detalh4es/90>. Data de acesso: 05/01/2017.

FAJARDO, C. A importância do cuidado com o pé diabético: ações de prevenção e abordagem clínica. Rev. Bras. Med. Fam. e Com. Rio de Janeiro, v. 2, n. 5, abr./jun. 2006. < https://rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/25>. Data de acesso: 06/01/2017.

GIL, GP; HADDAD, MCL; GUARIENTE, MHDM. Conhecimento sobre diabetes mellitus de pacientes atendidos em programa ambulatorial interdisciplinar de um hospital universitário público. Semina: Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 29, n. 2. Jul/Dez. 2008.< http://www.uel.br/proppg/portal/pages/arquivos/pesquisa/semina/pdf/semina_29_2_20_30.pdf>. Data de acesso: 03/02/2017.

INTERNATIONAL DIABETES FEDERATION. Atlas do Diabetes. 7. ed., 2015. < http://www.diabetesatlas.org/>. Data de acesso: 03/01/2017.

JARVIS J, SKINNER TC, CAREY ME, DAVIES MJ. How can structured self-management patient education improve outcomes in people with type 2 diabetes?. Diabetes Obesity Metabolism., v. 12, n. 1, Jan. 2010.< https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19788430>. Data de acesso: 03/02/2017.

LEMOS, CS; PENICHE; AC. Assistência de enfermagem no procedimento anestésico: revisão integrativa. Rev. Esc. Enferm., USP, v. 50, n. 1. 2016.< http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v50n1/pt_0080-6234-reeusp-50-01-0158.pdf>. Data de acesso: 05/01/2017.

LUCIANO, LB; LOPES, CHAF. Enfermeiro no cuidado do paciente com úlcera de pé diabético. Revista baiana de enfermagem, salvador, v. 20, n. 1/2/3, jan./dez. 2006. < https://portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/viewFile/3901/2865>. Data de acesso: 06/01/2017.

MAIA, TF; SILVA, LF. O pé diabético de clientes e seu autocuidado: a enfermagem na educação em saúde. Esc. Anna nery r. Enferm., v. 9, n.1, abr. 2005. < file:///C:/Users/Raquel/Downloads/v9n1a13%20(2).pdf>. Data de acesso: 06/01/2017.

MARTIN, VT; RODRIGUES, CDS; CESARINO, CB. Conhecimento do paciente com Diabetes Mellitus sobre o cuidado com os pés. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, v. 19, n. 4, out/dez. 2011.< file:///C:/Users/Raquel/Downloads/1956-1-11098-1-10-20160321%20(2).pdf>. Data de acesso: 08/01/2017.

MELNYK BM, FINEOUT-OVERHOLT E. Making the case for evidence-based practice and cultivating a spirit of inquiry. In: Melnyk BM, Fineout-Overholt E. Evidence-based practice in nursing & healthcare. A guide to best practice. Philadelphia: Lippincot Williams & Wilkins; 2011.< https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19858857>. Data de acesso:05/02/2017.

MILMAN, MHSA; LEME, CBM; BORELLI DT; KATER, FR; BACCILI, ECDC; ROCHA, RCM; SENGER, MH. Pé Diabético: Avaliação da evolução e custo hospitalar de pacientes internados no conjunto hospitalar de Sorocaba. Arq. Bras. Endocrinol. Metab., v. 45, n 5, out. 2001. < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S000427302001000500007>. Data de acesso: 04/01/2017.

MOHER D, LIBERATI A, TETZLAFF J, ALTMAN DG. The PRISMA Group 2009. Preferred reporting items for systematic reviews and meta-analyses: the PRISMA Statement. PLoS Med. 2009. < https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19621072>. Data de acesso: 05/02/2017.

MOREIRA, RC; CRUZ, CFR; VASSECCHI, EASS, MARCON, SS. Vivência em família das necessidades de cuidados referentes à insulinoterapia e prevenção do pé diabético. Rev. Gaúcha Enferm.,Porto Alegre, v. 29, n. 2, Jun. 2008.< http://seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/5593>. Data de acesso: 05/02/2017.

OLIVEIRA, AF; MARCHI, ACB; LEUGUISMO, CP; BALDO, GV; WAWGINIAK, TA. Estimativa do custo de tratar o pé diabético, como prevenir e economizar recursos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 19, n. 6. 2014. < http://www.scielo.br/pdf/csc/v19n6/1413-8123-csc-19-06-01663.pdf>. Data de acesso: 02/02/2017.

PEDROSA HC, ANDRADE A. (trads). Consenso Internacional sobre Pé Diabético. Grupo de Trabalho Internacional sobre Pé Diabético. Versão Brasileira; 2001, SES-DF e Ministério da Saúde; versão 2003, 2007, 2009, 2011.. Data de acesso: 01/02/2017.

PINTO MDF, MANDELBAUM MHS, GAMBA MA. Agravos dermatológicos: um problema de saúde pública. Cadernos de enfermagem em dermatologia. v. 1, 2008. < http://docslide.com.br/documents/euzeli-silva-brandao.html> Data de acesso: 05/01/2017.

ROCHA, RM; ZANETTI, ML; SANTOS, MA. Comportamento e conhecimento: fundamentos para prevenção do pé diabético. Acta Paul. Enferm., v. 22, n 1. 2009. < http://www2.unifesp.br/acta/pdf/v22/n1/v22n1a3.pdf>. Data de acesso: 05/01/2017.

SANTOS, GILSM; CAPIRUNGA, JBM; ALMEIDA, OSC. Pé diabético: conduta do enfermeiro. Revista Enfermagem Contemporânea, v. 2, n. 1, Dez. 2013. < https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/303>. Data de acesso : 07/01//2017.

SCAIN, SF; FRAZEN, E; SANTOS, LB; HELDT; ELIZETH. Acurácia das intervenções de enfermagem para pacientes com diabetes mellitus tipo 2 em consulta ambulatorial. Rev. Gaúcha Enferm., v. 34, n. 2. 2013.< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S198314472013000200002> Data acesso: 09/01/2017.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes. Rio de Janeiro: Grupo Editorial Nacional, 2010.< http://www.diabetes.org.br/publico/colunistas/38-dra-helena-schmid/146-recomendacoes-da-american-diabetes-association-sociedade-americana-de-diabetes-ada-quanto-a-realizacao-de-exercicio-fisico-em-2010> Data de acesso: 03/01/2017.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE DIABETES. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes. Rio de Janeiro: Grupo Editorial Nacional, 2015. < http://www.diabetes.org.br/publico/images/2015/area-restrita/diretrizes-sbd-2015.pdf>. Data de acesso: 03/01/2017.

URSI ES, GAVÃO CM. Perioperative prevention of skin injury: an integrative literature review. Rev. Latino-Am. Enfermagem, v. 14, n. 1. 2006. <http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692006000100017>. Data de acesso: 04/02/2017.

VIGO, KO; PACE, AE. Pé diabético: estratégias para prevenção. Acta Paul. Enferm., v. 18, n. 1. 2005. <http://www.scielo.br/pdf/fm/v26n3/a19v26n3.pdf> Data de acesso: 08/01/2017.

VIGO, KO; TORQUATO, MTCG; SILVÉRIO, IAS; QUEIROZ, FA; GUANILLO, MCDLTU, PACE, AE. Caracterização de pessoas com diabetes em unidades de atenção primária e secundária em relação a fatores desencadeantes do pé diabético. Acta Paul. Enferm., v. 19, n. 3. 2006. < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S141381232011000300034&script=sci_abstract&tlng=pt>. Data de acesso: 08/01/2017.

Publicado
2019-02-15